NOTICIA

Compostos da Cannabis podem prevenir a Covid-19, aponta estudo

Estudo durou anos até ter seu resultado revelado
Na busca por tratamentos contra a Covid-19 e suas consequências ao organismo, pesquisadores afiliados à Oregon State University descobriram que os compostos da cannabis podem prevenir a infecção pelo vírus que causa a Covid-19, bloqueando sua entrada nas células. Um relatório sobre a pesquisa, “Cannabinoids Block Cellular Entry of SARS-CoV-2 and the Emerging Variants (Canabidiólico bloqueia entrada do vírus SARS-COV-2 e suas variantes, em tradução livre)”, foi publicado online na segunda-feira pelo Journal of Natural Products.

De acordo com Richard van Breemen, principal autor do estudo, pesquisador do Centro Global de Inovação em Cânhamo do Estado de Oregon e associado à faculdade de Farmácia da Universidade estadual de Oregon, os ácidos canabinóides usados no estudo são abundantes na planta cânhamo. Esses compostos não são psicoativos como o THC (tetrahidrocanabinol) e têm um bom perfil de segurança em humanos.

 

 

A proteína Spike é o alvo das principais vacinas disponíveis até o momento para prevenir a Covid-19, como também das terapias com anticorpos monoclonais. Embora sejam necessárias mais pesquisas, os cientistas acreditam, com base em seu estudo, que os ácidos canabinóides podem ser usados em medicamentos para prevenir ou tratar a Covid-19.

“Oralmente biodisponíveis e com um longo histórico de uso humano seguro, esses canabinoides, isolados ou em extratos de cânhamo, têm o potencial de prevenir e tratar a infecção por SARS-CoV-2”, escreveram os pesquisadores no resumo do estudo.

Aquino Brasil, recentemente a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acaba de definir que a posse de objeto para cultivar maconha não é crime e não pode ser enquadrada no Artigo 34 da Lei de Drogas, que prevê pena de três a dez anos de reclusão para esse tipo de crime, se o plantio for destinado exclusivamente para o consumo próprio.

 

About the author

Heitor Hits

Leave a Comment